• Acompanhe-nos
Após resposta da administração, Sintram convocará nova assembleia com educadores de Itapecerica
  • Em assembleia, a categoria discutiu os critérios para vaga de regência durante o ano letivo.
  • Do Sintram, em Divinópolis - MG
    08/10/2019 16h06 • Atualizado em 08/10/2019 16h07
  • Os educadores de Itapecerica estiveram reunidos em assembleia, no último dia 1º de outubro, para discutir os critérios para vaga de regência durante o ano letivo. O resultado das deliberações foi encaminhado pelo sindicato à administração municipal. Em resposta, a Secretaria Municipal de Educação acatou parcialmente as decisões da assembleia.  Diante disso, o Sintram deverá nos próximos dias convocar os servidores da Educação para análise e deliberação acerca do posicionamento da administração municipal.

     

    De acordo com o dirigente sindical, Eduardo Parreira, a convocação da assembleia foi necessária, visto que houve uma divergência sobre o critério para preenchimento das vagas dos professores, que por algum motivo se afastam durante o ano letivo da sala de aula.  Para preencher as vagas, a administração municipal estava priorizando o educador que já estava na escola, ou seja, no local onde a vaga originou, não havendo interesse dos professores da escola, a vaga era então aberta para a lista de classificação da Secretaria de Educação.  “A categoria entendeu que a vaga não seria primeiro dos disponibilizados da escola, mas sim para a lista municipal. Então realizamos essa assembleia para  chegar a um denominador comum  e a categoria disse que realmente o que havia sido decidido era pela lista comum. Então para não criar problema para quem já está prestes a assumir agora as aulas,  ficou decidido que esse ano manteria o critério de vaga na escola, mas a partir de 2020 seria a vaga disponibilizada  para todos os funcionários na lista geral de classificação”, explicou Eduardo.

     

    Em resposta ao sindicato, a reivindicação da categoria de ter como critério a lista de classificação foi aceita pela administração municipal.

     

    PROFESSOR DE APOIO

     

    Outro ponto tratado na assembleia foi relativo ao professor de apoio.  Segundo Eduardo Parreira a Secretaria de Educação de Itapecerica havia tomado uma decisão unilateral de que o professor de apoio não poderia ocupar a vaga aberta durante o ano letivo para não perder o vínculo com o aluno, que está dando acompanhamento no ano. “No entendimento da Secretária de Educação o aluno que está recebendo o apoio ficaria em prejuízo porque ele teria que criar vínculo com outro professor e isso dificultaria o processo de aprendizagem. Então em nome do processo mais tranqüilo, visando exclusivamente o aluno, não seria disponibilizada a vaga para quem está no apoio. Na assembleia da semana passada a categoria entendeu que o professor de apoio não poderia ser penalizado por conta dessa situação e que ele também poderia, desejando e existindo a vaga, ter o direito de sair da condição de apoio e ocupar a vaga  de regência”, explicou Eduardo.

     

    O posicionamento da categoria relativo ao professor de apoio, não foi aceito pela administração municipal.  “Nós  oficiamos a Prefeitura com essa decisão da categoria na assembleia e a Prefeitura nos comunicou que essa decisão ela não acata. A Secretária não acata, o professor que ficar no apoio, ficará até o final do ano. Iremos agora convocar uma assembleia para comunicar a resposta da Secretária para que a categoria possa tomar a decisão que entender e o Sintram encaminhará o que for decidido”,  finalizou Eduardo.

     

    Reportagem: Flávia Brandão
    Comunicação Sintram

Nossos endereços
  • Sede
  • Av. Getúlio Vargas, 21, Centro, Divinópolis - MG
    CEP: 35.500-024
    Telefone: (37) 3216-8484
    Atendimento de 8h às 17h30
  • Subsede Bambuí
  • Rua Olívio Alves Ribeiro, 134, Centro, Bambuí - MG
    CEP: 38.900-000
    Telefone: (37)3431-3486
    Atendimento de 8h às 17h30
 
  • Subsede Bom Despacho
  • Rua Vigário Nicolau, 111, sala 106, Centro, Bom Despacho - MG
    CEP: 35.600-000
    Telefone: (37) 3521-3311 | 98831-0237
    Atendimento de 08h30 às 10h30 e de 12h às 18h
Filiada à
Desenvolvido por Fesempre