• Acompanhe-nos
Um ano para mudanças
    02/01/2018 14h32
  • Os últimos anos não trouxeram nada de novo que pudesse reanimar a expectativa de dias melhores para o cidadão brasileiro. Foram anos da recessão, da pressão e da corrupção. O avanço da inflação, o ataque sobre o trabalhador e a Operação Lava Jato, que vem desnudando a corrupção e expondo caciques políticos, marcaram o cenário nacional. Com o agravante para 2017, com a aprovação da terceirização, da reforma trabalhista e, ainda, a reforma da Previdência que poderá ser votada em fevereiro.

     

    Não restam dúvidas de que o trabalhador perdeu muito. Porém, o que não faltou foi a batalha incansável dos sindicatos e suas centrais, que expuseram as mazelas governamentais, levaram os cidadãos às ruas e protestaram duramente contra as medidas, que obrigam o trabalhador a pagar pelo financiamento da corrupção.

     

    Os exemplos da irresponsabilidade política começaram de cima, até atingir estados e municípios que descumpriram leis, atrasaram salários, deixaram credores sem receber e mais um sem fim de atos em desacordo com normas legais, sempre atingindo ao trabalhador.

     

    Apesar do desgoverno, chegamos em 2018 e o que se espera é um ano de mudanças. Mudanças em todos os níveis, porém, em especial, no comportamento do eleitor. Serão eleitos presidente da República, governadores e deputados federais e estaduais. O trabalhador, a força vital que move o Brasil, não poderá se esquecer das reformas, da terceirização, da corrupção e, principalmente, deve-se lembrar daqueles que foram parceiros do governo para cortar direitos e dos muitos que saquearam os cofres públicos, colocando o país entre os primeiros no mapa da corrupção.

     

    Entendemos que a campanha política de 2018 abre a oportunidade para um compromisso coletivo. Cabe ao eleitor refletir e transformar a realidade se quiser resgatar um país justo, no qual a soberania venha do cidadão e faça valer a Constituição que diz que “todo poder emana do povo”.

     

    O Sintram, que não mediu esforços para denunciar os ataques a direitos dos trabalhadores, lembra a todos que façam do voto a arma capaz de afastar os malfeitores que dominam o Estado. É necessário também para continuarmos unidos, mobilizados e atentos, pois enquanto perdurar esse governo, que obrigou o cidadão a pagar a conta da corrupção e do vale-tudo na política, certamente continuaremos sujeitos às vontades de políticos profissionais, cuja grande preocupação é garantir seu cargo, seu salário e as muitas “vantagens”.

     

    Acreditamos que o servidor público, que sofreu nas mãos da União, dos estados e principalmente dos municípios, terá um papel fundamental para que a política seja renovada e o país possa tentar se afastar desse mar de lama. Apesar de todas as dificuldades, os servidores públicos poderão sim nortear caminhos de um novo país, desde que o façam com união e, principalmente, acreditando nos seus sindicatos, seus legítimos representantes.

     

    O Sintram, que ao longo dos anos se notabilizou por sua efetiva participação em mudanças importantes ocorridas no país e na cidade, continuará firme na defesa de seus representados.

     

    Luciana Santos

    presidencia@sintramdiv.org

Nossos endereços
  • Sede
  • Av. Getúlio Vargas, 21, Centro, Divinópolis - MG
    CEP: 35.500-024
    Telefone: (37) 3216-8484
    Atendimento de 8h às 17h30
  • Subsede Bambuí
  • Rua Olívio Alves Ribeiro, 134, Centro, Bambuí - MG
    CEP: 38.900-000
    Telefone: (37)3431-3486
    Atendimento de 8h às 17h30
 
  • Subsede Bom Despacho
  • Rua Vigário Nicolau, 111, sala 106, Centro, Bom Despacho - MG
    CEP: 35.600-000
    Telefone: (37) 3521-3311 | 98831-0237
    Atendimento de 08h30 às 10h30 e de 12h às 18h
Filiada à
Desenvolvido por Fesempre