Sintram e comissão de servidores continuam cobrando pagamento em dia e transparência nas contas